Meu antigo eu

21:28

road
via reprodução
Enquanto escrevo esse post são 03:00 da madruga da noite de quinta feira, dia 21 de janeiro de 2016. Nesse exato momento tenho 19 anos e aquela insonia. Pensei. Pensei. Pensei e finalmente decidi algo que pudesse me tirar o tédio, fazia muito tempo que não entrava no tumblr e pensei então: por quê não? Foi então que entrei com um email muito mais antigo do que o do meu ultimo tumblr atual e lá dizia: 
"Lívia Cunha, 14 anos, gaucha, gosto de chocolate, música, coca-cola, amigos, amor, animais, pessoas que fazem a diferença, idiotice, abraços na chuva, improvável, difícil, abraços, beijos, carinhos, escrever, dançar, gritar, praia, sol, viver..."
Essa pequena descrição foi como desenterrar aquelas caixas do passado com o "meu antigo eu", muita coisa mudou desde então. Passaram-se quase seis anos e hoje em dia como muito pouco chocolate, larguei esse ano a coca-cola e praticamente não converso com mais nenhum dos meus amigos dessa época. Eu mudei. Eles mudaram... Não sou mais tão otimista como antes, procuro o caminho mais fácil e geralmente vivo fugindo da chuva mesmo amando o cheiro dela e sentindo que não existe nenhum lugar no mundo melhor do que a minha cama nesses dias. 
Isso me fez pensar demais e esse texto acaba sendo como um desabafo noturno para vocês que gostam do meu conteúdo e que reservam um tempo de vocês para conversar aqui comigo. Não fiz um post de metas pois ando ruim demais em tudo aquilo que envolve um esforço de longo prazo, mas depois de ler sobre a minha personalidade adolescente eu me pergunto onde está essa pessoa? Por quê me tornei uma adulta com tantos medos e tantas inseguranças se o que mais gostava era do improvável? Ta bom que hoje em dia eu sigo vivendo pelos animais, ainda acredito no amor e respiro música mas nem na praia eu vou muito e então chegou a hora de dar um BASTA! 
Vou voltar a ser o melhor da minha época de criança, foi uma época feliz, repleta de amizades e alegrias, quem disse que eu preciso me tornar envelhecer a alma, eu posso e VOU, anotem ai, ser um pouco mais como antigamente. Vou buscar o melhor e FAZER o melhor, a partir de agora começa um novo capitulo na minha vida. Um eu feliz. Um eu mais como antigamente. Novamente eu digo: anotem! 
Beijão
Lívinha!

Aproveite e olhe também

4 comentários

  1. Caramba você faz textos incríveis , seguindo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, sempre tentando melhorar, esses são apenas os primeiros! <3

      Excluir
  2. Me sinto assim também, suas palavras me descreveram !
    beiju
    daniellaalessandra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Aconteceu exatamente a mesma coisa comigo.
    Há um tempinho atrás eu estava um tanto infeliz com a minha vida, parando pra pensar e tentando encontrar uma resposta, me vieram umas lembranças de quando eu tinha mais ou menos a idade que você citou. Me lembrei das minhas manias, de como eu era, de como vivia o tempo todo contente e das inseguranças bobas que eu sentia, me deu uma saudade de tudo aquilo, daquela ternura e inocência que a gente tem quando acredita que a nossa vida depende daquele novo ano na escola, que faz promessas de que vai ser diferente, muda de visual, essas coisas adolescentes e me dei conta de que talvez era isso que faltasse pra mim, esse otimismo.
    Amo quando conheço blogs legais e vejo que identifico com quem escreve. <3

    ResponderExcluir