A luta das mulheres

08:39

Há um polemica muito grande em torno do projeto do Eduardo Cunha e outros que visa tirar os direitos da mulher conquistados aos poucos e com sacrifico. Primeiro vejamos os dados e sobre o que o mesmo trata: 
estatistica+da+mulher+no+brasil

Hoje em dia 

Qualquer tipo de atividade sexual não consentida é considerada violência sexual, a vitima só precisa procurar o hospital para receber o atendimento necessário e como tratamento preventivo recebe um coquetel anti-hvi, pilula do dia seguinte e todas as informações legais e serviços necessários para a mesma. 

Com o projeto aprovado o que muda?

Apenas casos que resultem em danos físicos e psicológicos serão considerados violência sexual, a vitima primeiro deve procurar atendimento policial, passar por exame de corpo e delito para então poder receber atendimento hospitalar, perdendo consequentemente direito a pilula do dia seguinte e informações legais. O aborto para esses casos deixa de existir levando o profissional que prestou o auxilio a pena de 1 á 3 anos. 

Como os dados mostram, apenas 10% dos casos são relatos a policia. Em muitos casos a vitima tem medo e vergonha, pós o trauma ela ainda terá que passar por mais situações traumatizantes para enfim receber o minimo de atendimento. CULPEM OS HOMENS PELO ESTUPRO E NÃO AS MULHERES PELO ABORTO.

                            Se vocês repudiaram o processo tanto quanto eu, assinem a apetição.
                                                                       
                     estatistica+da+mulher+no+brasil    estatistica+da+mulher+no+brasil  estatistica+da+mulher+no+brasil

Aproveite e olhe também

2 comentários

  1. Eu ando tão atarentada da minha vida que não estava sabendo disso e achei um absurdo o que esse Eduardo Cunha está fazendo! E que tipo de violência sexual não gera não gera danos físico e psicológicos? Acho que não deveria nem ficar mais surpresa com essas coisas.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Acho super importante o combate ao aborto! Se a mãe estrupada não quiser o filho, melhor que abortar é adotar!

    Bjus, Bjus amore!

    Aline Laitarte - http://www.bomboneca.com
    Insta: @alinesalaitarte

    ResponderExcluir